Anunciados o Seminário Marítimo22 e o 37º Rodeio Crioulo Interestadual

A sessão plenária da manhã desta quinta-feira (7) foi suspensa para que fossem anunciadas a realização de dois eventos no mês de abril.

O primeiro deles é o Marítimo22 - Seminário Catarinense de Inovação no Mercado Marítimo Naval, que acontece entre os dias 28 e 29 de abril, em São Francisco do Sul.

Conforme Carlos Brandão, presidente da comissão organizadora, durante os três dias do evento serão tratados temas de interesse para Santa Catarina e o Brasil, onde o setor marítimo, naval e portuário segue em pleno desenvolvimento.

“O objetivo é apresentar ao mercado catarinense, brasileiro e internacional, os cases de sucesso, inovações em todas as áreas do setor marítimo/naval, produtos, serviços e marcas, em todos os níveis de hardware, como embarcações, equipamentos, estaleiros, manutenção e peças, e software, logística em portos, terminais, armazéns, ferrovias, rodovias e transportadoras em geral.”

O Marítimo22 também contará com palestras sobre assuntos diversos, tais como a ação da Marinha do Brasil; o projeto de lei federal 1584/2021, que trata do descomissionamento de plataformas e embarcações; a Lei BR do Mar - programa de estímulo ao transporte por cabotagem; os empreendimentos portuários de Santa Catarina; a logística rodoviária e ferroviária; a construção das fragatas classe Tamandaré para a Marinha do Brasil; a construção naval no Brasil e SC; e o panorama da pesca industrial no estado.

O deputado Rodrigo Minotto (PDT), que presidia a sessão, destacou a realização do seminário como uma forma de dar amplitude às reivindicações do estado pela  duplicação da BR-280, que liga São Francisco do Sul a Dionísio Cerqueira. “Este é um evento importante, relevante, e entre os vários temas que estão sendo colocados está a possibilidade do governo federal dar uma atenção melhor para Santa Catarina acerca deste tão importante investimento para o desenvolvimento e o fortalecimento do nosso estado.”

Já o deputado Fernando Krelling (MDB), que abriu espaço na sessão para o pronunciamento de Carlos Brandão, parabenizou a equipe organizadora do evento pela escolha das atividades programadas e também pela definição de São Francisco do Sul como sua sede. Ele também falou sobre a importância do Marítimo22 para o desenvolvimento de Santa Catarina. “O seminário é uma oportunidade para que as pessoas possam se qualificar, se capacitar, mas também para conhecermos um pouco mais desse mercado e entendermos a importância dele para o desenvolvimento econômico e social do estado.”

37º Rodeio Crioulo Interestadual
Na sequência, Agnaldo da Silva Serafim, patrão do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Estância do Retiro, destacou a realização, entre 20 e 24 de abril, do 37º Rodeio Crioulo Interestadual, em Jaguaruna.

Ele disse que o evento acontece após uma interrupção de três anos em função da pandemia de Covid-19 e tem o objetivo de congregar a população local em torno de valores como o esporte equestre, a união familiar, a tradição gaúcha e os costumes ligados ao meio rural. As atrações programadas também incluem shows e apresentações musicais com artistas regionais e nacionais.

“Estamos aqui por um motivo muito especial, para trazer de maneira muito respeitosa o convite para mais uma edição do nosso Rodeio da Jagua, o rodeio da Estância do Retiro, essa entidade fundada no dia 6 de janeiro de 1984, portanto, com 38 anos de existência”, disse, agradecendo ainda ao deputado Volnei Weber (MDB) pela viabilização da divulgação.

Paralelamente ao rodeio também será realizada, no parque Dário Carlos de Souza, a 17ª edição da Feira da Agricultura Familiar e do Artesanato, na qual serão expostos os produtos de destaque do setor agropecuário, que conforme Serafim, atualmente representa cerca de 30% da movimentação econômica de Jaguaruna.

Ao final, ele agradeceu a oportunidade de divulgar o evento e renovou o convite à participação. “Todos os que estiverem em Jaguaruna de 20 e 24 de abril, como não é diferente em qualquer outro dia, serão muito bem recebidos porque a cidade das praias e a terra das melancias, nesse final de semana será a terra da tradição. Muito obrigado e aguardamos todos lá para uma grande festa, uma grande confraternização da tradição e dos valores da nossa terra.”

Em aparte, o deputado Kennedy Nunes (PTB) destacou a importância dos CTGs para a preservação da tradição gaúcha no estado, para a manutenção dos elos sociais, e por iniciativas como a equoterapia, método terapêutico no qual são utilizados cavalos. “Isso é o que vocês representam, o que oferecem para a sociedade, a união da família e esses serviços que muitas vezes não são reconhecidos.”

O 2º secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deputado Rodrigo Minotto, também se manifestou sobre o evento. “Parabéns a cada um de vocês que acreditam na cultura e a fortalecem, principalmente a cultura tradicionalista gaúcha. Quero estender os meus cumprimentos a todos os membros do CTG e, se Deus quiser, também estarei presente e participando lá com vocês.”