Diretor da Defesa Civil de Imbituba faz balanço das últimas ocorrências causadas pelas chuvas

Defesa Civil

O diretor da Defesa Civil de Imbituba (DC), Moisés Carvalho, concedeu entrevista ao repórter Otaviano Carvalho, fazendo um balanço das últimas ocorrências causadas pela volumosa quantidade de chuva na cidade e região.

Moisés Carvalho comentou sobre a quantidade de água que preocupa as autoridades. “Há bastante serviço, estamos empenhados com o pessoal para tentar minimizar alguns danos de famílias de Imbituba. A princípio estamos tratando de diversos pontos, diversos locais e vias públicas. Ontem choveu cerca de 230 milímetros nas últimas 24h. Então acumulado com os outros 110 milímetros do dia anterior, já são mais de 350 milímetros de água”, conclui Moisés.

O diretor da Defesa Civil também falou quais foram as ocorrências atendidas de ontem para hoje com os pontos mais preocupantes. “Durante essa noite trabalhamos em alguns bairros, pontos, e até locais sem histórico de alagamento, rua pavimentada, bairro alto, porém lá no meio da rua tem uma casa, que é um pouco baixa que não tem um sistema de drenagem para fazer a fluidez da água, e acaba virando um piscinão. Trabalhamos na madrugada de ontem, dando atenção às pessoas idosas, transplantadas, que despertam um pouco mais de atenção da gente. Então estamos dando esse suporte para o município hoje, dando importância para vidas”, finaliza o diretor.

A Defesa Civil faz o monitoramento de encostas, por ser os locais de mais preocupação. Lamentam pelos bairros e locais em alagamento, mas sabem que é impossível evitar quando se trata de um evento natural. O diretor Moisés pede para a população necessitada que comunique a DC em caso de emergência. “Peço que comuniquem a defesa civil caso necessitem. Isso que está acontecendo não é um erro da administração municipal, do vizinho que tampou a boca do bueiro, não é erro de ninguém. Isso é um evento natural que está acontecendo em todo o estado de Santa Catarina, e com mais intensidade no litoral Sul”, afirma Moisés Carvalho.

As aulas desta quarta-feira, 4, foram suspensas, novamente, pelas redes de ensino municipal e estadual, e as escolas privadas estão seguindo o mesmo desenho da educação municipal. Pois a previsão ainda é de chuva, entre 100 a 150 milímetros de água.

Em relação a previsão, o diretor da Defesa Civil menciona a diminuição das chuvas, mas a preocupação com os fortes ventos previstos. “Amanhã a previsão é para esse evento natural, duração de 1h, igual aconteceu na semana passada. E na sexta-feira tudo estará normal. Temperatura com sol aberto, tempo firme. Já vamos nos preparar de outra forma, vendaval, destelhamento, queda de árvores, postes e afins”, conclui Moisés.

Outro alerta deixado pelo diretor da DC é o cuidado com as fakes news, evite passar informações que não sabem a procedência, se informe por fontes confiáveis.

Em caso de emergência entre em contato com a Defesa Civil pelo telefone 199 ou para o 193 do Corpo de Bombeiros. Para informações acesse o site da Defesa Civil do Estado.