Felipão fica satisfeito com empate do Athletico com o Flamengo e pede 40 mil no jogo de volta: “Dar o troco”

Felipão, no jogo Flamengo x Athletico — Foto: José Tramontin/Athletico
ge — Rio de Janeiro

Treinador afirma que Furacão fica em "uma situação boa" com o 0 a 0 no Maracanã. Athletico decide a vaga em 17 de agosto, e Felipão quer a Arena da Baixada lotada

O técnico Luiz Felipe Scolari ficou satisfeito com o empate em 0 a 0 do Athletico contra o Flamengo, na noite de quarta-feira, no Maracanã, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O comandante rubro-negro ainda pediu "casa cheia" na partida de volta, em agosto.

Felipão reconheceu que o Fla foi superior nos 90 minutos, mas que a equipe atleticana cumpriu com o papel que foi traçado. O goleiro Bento evitou a derrota, além de duas bolas na trave e outra que Khellven tirou em cima da linha.

Já ofensivamente, o Athletico pouco criou e só ofereceu perigo na reta final, com dois lances de bola paradas.

O resultado foi bom na proporção com a dificuldade que tivemos do Flamengo. É quase impossível marcar pela qualidade. Corremos sérios riscos. O empate nos deixa satisfeitos e em uma situação boa. — Felipão, em entrevista coletiva.

Agora, o Furacão precisa vencer em casa para chegar à semifinal. O jogo de volta acontece em 17 de agosto, às 21h30, na Baixada. O vencedor do confronto enfrenta São Paulo ou América-MG.

No Maracanã, mais de 60 mil pessoas incentivaram o time flamenguista. Felipão quer que o mesmo aconteça em Curitiba e repetiu o discurso de cobrar o máximo de torcedores possíveis no estádio.

Vamos dar o troco. O que espero é 40 mil para o Flamengo se sentir pressionado, como nos sentimos aqui. Esperamos ser mais abusados na Baixada. — Felipão
  • Athletico volta a campo contra o São Paulo no domingo, às 16h, na Arena da Baixada, pela 20ª rodada da Série A. O Furacão ocupa a quinta posição, com 31 pontos.