Fluminense encaminha acerto por empréstimo de Marrony, ex-Vasco e Atlético-MG

Marrony em sua apresentação no Midtjylland — Foto: Divulgação
ge — Rio de Janeiro

Flu aceita pagar por negociação de forma parcelada, e Midtjylland concorda com oferta final do Tricolor

A novela Marrony se direciona a um final feliz. Depois de se acertar com o jogador e tentar em vão uma liberação sem custos junto ao Midtjylland, da Dinamarca, o Fluminense chegou a um acordo com o clube após aceitar pagar para ter o atacante, ex-Vasco e Atlético-MG, por empréstimo de um ano. Com o avanço da negociação, faltam apenas questões contratuais para o jogador ser anunciado.

A informação do "ok" dos dinamarqueses foi divulgada inicialmente pelo jornalista Venê Casagrande e confirmada pelo ge.

Fluminense ofereceu € 300 mil euros (R$ 1,6 milhão) de forma parcelada, ao longo do período do contrato, como oferta final, e os dinamarqueses aceitaram fechar negócio. O ge apurou que o jogador já está fazendo as malas para retornar ao Brasil e deve chegar no país no fim de semana.

O Midtjylland inicialmente só aceitaria emprestar o jogador, de 23 anos, com uma "obrigação de compra" ao final do vínculo, o que o Fluminense não concordou. Os clubes chegaram a um consenso de uma "opção de compra" no mesmo valor pago pelos dinamarqueses: € 4,5 milhões de euros (R$ 28,3 milhões na época), descontando os € 300 mil euros.

Com Marrony e Alan, o Flu espera suprir as perdas de Luiz Henrique (vendido para o Betis, da Espanha) e Fred (que vai se aposentar no próximo dia 9).

Marrony foi um pedido do técnico Fernando Diniz que, inclusive, já conversou com o jogador por telefone, e ele demonstrou o interesse em atuar pelo Flu. Enquanto espera o desfecho entre os dois clubes, o atacante iniciou os treinamentos na Dinamarca após um período de férias no Brasil.

Marrony começou sua trajetória no Vasco, em 2015, aos 16 anos. Antes disso, teve uma rápida passagem pelo Cruzeiro. Era jovem, estava longe da família e de sua cidade, Volta Redonda. Acabou não se adaptando e retornou ao Rio de Janeiro, mas para a capital, e foi em São Januário onde completou toda a formação e se profissionalizou.

Na base vascaína, Marrony teve grande destaque em 2018. A profissionalização veio no segundo semestre do mesmo ano. Apareceu bem, marcou o primeiro gol em seu quinto jogo, contra o Bahia, atuando como centroavante.

Marrony em ação pelo Atlético-MG — Foto: Foto: Pedro Souza/Atlético

Marrony em ação pelo Atlético-MG — Foto: Foto: Pedro Souza/Atlético

A polivalência do jogador foi um dos atributos que chamou atenção do Atlético-MG. O atacante foi um pedido de Sampaoli, mas já estava na mira do Galo desde 2019. No total, Marrony fez 84 partidas e 11 gols com a camisa do Vasco - neste período jogou ao lado de Cano, hoje no Fluminense - e 63 jogos e 10 gols pelo Galo.