Jorge, do Palmeiras, sofre ameaças e tem carro danificado

Jorge durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol — Foto: Cesar Greco/Palmeiras
Por Redação do ge — São Paulo
Clube repudia episódio de violência; leia nota oficial

Jorge, lateral-esquerdo do Palmeiras, sofreu ameaças e teve o carro danificado nas proximidades da Academia de Futebol, centro de treinamentos do clube, na manhã desta terça-feira.

O caso foi informado pelo próprio Palmeiras, que condenou o episódio em nota oficial assinada pela presidente Leila Pereira (leia abaixo). Segundo o clube, Jorge foi abordado por dois homens, sofreu agressões verbais e teve o vidro do carro quebrado.

A diretoria do Palmeiras diz que tomará medidas para que os responsáveis pelo ataque sejam identificados. No comunicado, o clube afirma que os agressores não representam a torcida palmeirense.

Leia a nota oficial do Palmeiras:

"O lateral-esquerdo Jorge foi vítima, na manhã desta terça-feira (17), de um inaceitável episódio de violência praticado por dois indivíduos nas cercanias da Academia de Futebol. O jogador teve o vidro do carro danificado e sofreu ameaças verbais.

A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia veementemente este ataque covarde contra o nosso atleta e tomará todas as providências jurídicas e criminais para que os infratores sejam identificados e punidos com o rigor da lei.

Sabemos que este ato não representa a torcida palmeirense. É inadmissível, contudo, que casos de agressão tenham se tornado rotina no futebol brasileiro nos últimos tempos.

A violência não pode ser normalizada; ao contrário, precisa ser combatida com a união de todos os envolvidos no ambiente esportivo.

Somos uma família: a Família Palmeiras! Quando um dos nossos é agredido, todos também somos!"

Rendimento no Palmeiras

Jorge chegou ao Palmeiras em julho do ano passado. Depois de um período ausente por causa de uma cirurgia no joelho, o jogador passou a receber chances esporádicas, geralmente na ausência do titular Piquerez, e sem se consolidar no time.

Desde sua estreia, em setembro, o camisa 6 teve no máximo quatro jogos consecutivos. A sequência ocorreu em 2021, quando os palmeirenses tiveram formações com muitas mudanças após classificação para a final da Libertadores.

Abel Ferreira e Jorge em treino do Palmeiras — Foto: Cesar Greco / Ag Palmeiras

Na semana passada, fotos divulgadas pelo Palmeiras mostraram o técnico Abel Ferreira conversando com Jorge após treinamento na Academia de Futebol.

Sem citar nominalmente qualquer atleta, o treinador havia reconhecido que o lance do gol do Fluminense, em empate por 1 a 1 no dia 8 de maio, havia decorrido de erros do lado palmeirense, em jogada criada pela esquerda da defesa.
Jorge esteve em campo nos três jogos mais recentes do Palmeiras: as vitórias por 2 a 0 sobre Red Bull Bragantino, pelo Brasileirão, e 2 a 1 sobre a Juazeirense, pela Copa do Brasil, além do empate contra o Fluminense.