Mais de 150 pessoas participam da 1ª Oficina da Revisão do Plano Diretor

O evento abriu espaço para a participação comunitária, quando grupos de 10 a 15 pessoas foram formados para debater e elencar os pontos positivos e negativos da cidade, com base em nove temas.

 

Representantes dos bairros Campo D'una, Grama, Limpa e Ressacada estiveram reunidos na 1ª Oficina da Revisão do Plano Diretor de Garopaba. O evento ocorreu nesta segunda-feira, 20, às 18h30min, na Sede Social do Campinense Esporte Clube. Ao todo, participaram 154 pessoas. "Ficamos muito felizes com a grande adesão da população. Isso mostra que o garopabense está preocupado com o planejamento da cidade, e isso é muito importante", ressalta o secretário de Planejamento Territorial, Matias Rodrigues. A ação é realizada pelo Governo de Garopaba, através da equipe da Fundação Unisul, Núcleo de Coordenação Compartilhada e da Equipe Técnica Municipal.
A Oficina abriu espaço para a participação comunitária, quando grupos de 10 a 15 pessoas foram formados para debater e elencar  os pontos positivos e negativos da cidade, com base em nove temas: 1) atividades turísticas; 2) aspectos sociais; 3) equipamentos urbanos/serviços públicos; 4) infraestrutura urbana; 5) meio ambiente; 6) forma e ocupação urbana; 7) atividade econômica; 8) influência regional e 9) aspectos culturais. "Esse é o diagnóstico comunitário. Afinal, são as pessoas que estão no dia a dia e sabem o que está bom, e o que precisa ser melhorado", completa a arquiteta e urbanista Michelle Souza Benedet, representante da equipe da Fundação Unisul.
Quem também esteve no evento foi o Diretor de Obras Públicas e engenheiro, João Manoel do Nascimento, que explica a importância da presença da linha de frente. "Nós estamos na execução dos projetos, e são esses planos que norteiam os rumos da cidade. Precisamos desses objetivos para planejar aquilo que vai ser colocado em obra no município", diz. A Ponte do Siriú, Rodovia Municipal Nicolau Manoel de Abreu, bem como o deck de madeira construído à beira da Praia Central, na Avenida dos Pescadores, são exemplos de obras que constam no Plano Diretor de 2010.  "A revisão do plano é a chance das pessoas terem voz diante daquilo que elas anseiam para o lugar onde moram", finaliza João.

Veja o cronograma completo da Revisão do Plano Diretor no arquivo em anexo. Participe!

Texto: Assessoria/PMG