Operação Ferrovia: Polícia Civil e Militar deflagram operação em combate a associação para o tráfico de drogas atuante em Imbituba

Foto: Anna Luiza Siqueira

Nesta semana a Polícia Civil de Imbituba, com o apoio das Delegacias de Laguna, Garopaba, Imaruí, Tubarão, Braço do Norte, Criciúma e Palhoça, além de uma unidade do Serviço Aéreo da Polícia Civil, em conjunto com a Polícia Militar, deflagrou a operação policial denominada FERROVIA visando dar cumprimento à 4 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão nos bairros Paes Leme, Araçá e Campestre de Imbituba. Além do cumprimento dos mandados, outros dois indivíduos foram presos em flagrante por tráfico de drogas.

O delegado Nicolas Patel Filho da Delegacia de Polícia da Comarca de Imbituba falou sobre o que foram apreendidos na manhã desta sexta-feira, 13, em Imbituba. “Ainda não temos o levantamento completo, mas sabemos que é uma certa quantidade em valores e também drogas, sobretudo maconha”, afirma o delegado.

Em relação aos mandados o delegado comenta. “Todos os mandados da operação já foram cumpridos, inclusive o de prisão, também. Agora estamos na fase final do processo”, conclui Nicolas Patel Filho.

Ao final da entrevista exclusiva, o delegado agradeceu a eficiência da imprensa e dos agentes da DPA de Imbituba. “Gostaria de agradecer a Imprensa que sempre faz um trabalho sério aqui em Imbituba, sempre procurando a fonte das informações para que não seja passada nada de forma incorreta e não correlato com a verdade. Também agradeço as equipes, principalmente os nossos agentes da DPA de Imbituba, apesar da deficiência de pessoal, nós procuramos sempre dar o melhor e entregar o melhor para o município”, finaliza o delegado.

ENTENDA O CASO.

A Operação Ferrovia é a terceira fase de uma investigação iniciada em janeiro de 2022 que busca desarticular uma organização criminosa estruturada para a aquisição, transporte e venda de drogas na cidade de Imbituba, iniciando com a apreensão de 1kg de cocaína, posteriormente a prisão do fornecedor e agenciador e, na operação Ferrovia, o cumprimento de mandados contra os vendedores finais.

Em fevereiro de 2022, após intenso trabalho de inteligência, as Polícias Civil e Militar de Imbituba lograram êxito em abordar um veículo cujos ocupantes foram contratados para fazer o transporte de cerca de 1kg de cocaína, ocasião que resultou na prisão em flagrante dos dois envolvidos.

Em continuidade às investigações, a Polícia Civil empreendeu diligências investigativas sigilosas que apontaram precisamente quem teria efetuado a contratação do transporte da referida droga. Apurou-se que o autor supostamente participava de organização criminosa atuante em Santa Catarina dedicada ao comércio ilícito de drogas, cuja execução era realizada com a contratação de terceiros para efetuar o transporte da droga e de adolescentes para efetuar a venda final.

Após a prisão do agenciador, o Setor de Investigações e Capturas da DPCo de Imbituba desencadeou uma série de diligências que apontaram outras pessoas envolvidas na venda final da droga, representando-se pela busca e apreensão nas residências, assim como pela prisão preventiva de 4 dos envolvidos, sendo prontamente deferidos pelo Poder Judiciário com a manifestação favorável do Ministério Público.

Assim, na manhã de quarta-feira, a Polícia Civil de Imbituba, com o apoio das Delegacias de Laguna, Garopaba, Imaruí, Tubarão, Braço do Norte, Criciúma e Palhoça, além de uma unidade do Serviço Aéreo da Polícia Civil, em conjunto com a Polícia Militar, deflagrou a Operação Ferrovia visando cumprir os respectivos mandados, resultando no cumprimento de 4 mandados de prisão, e outras duas prisões em flagrante delito.

Os envolvidos estão sendo investigados por participação em organização criminosa majorada pela participação de adolescente, associação para o tráfico com a participação de adolescente e tráfico ilícito de drogas, cujo Inquérito Policial será encaminhado ao Poder Judiciário no prazo legal.