Polícia Federal combate fraudes ao Auxílio Emergêncial

Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

A Polícia Federal cumpriu na última quinta-feira, 9, um mandado de busca e apreensão, expedido pela Justiça Federal em Florianópolis, com vistas a reprimir fraudes contra a concessão do benefício de auxílio emergencial, instituído pelo Governo Federal para enfrentamento do estado de calamidade pública e da emergência de saúde pública decorrente da pandemia da COVID-19.

A ação foi realizada em um imóvel localizado no norte da Ilha de Santa Catarina, com o objetivo de reunir mais elementos probatórios para delinear aspectos relacionados à materialidade e autoria dos crimes investigados, descobrir a participação de autores ocultos e verificar caminhos para a eventual recuperação dos valores desviados ilegalmente.

Os dados levantados nas investigações indicam que o investigado abriu contas bancárias e desviou valores de beneficiários do auxílio emergencial usando boletos bancários fraudulentos, aproveitando-se de dados de terceiros inocentes, gerando transtornos a diversas vítimas e prejuízos ao erário.

A mobilização de hoje significa a concretização de mais uma etapa da investigação, que há mais de dez meses apura desvios de recursos destinados a amenizar os efeitos da pandemia da COVID-19. 

Durante a realização das buscas foram encontrados e apreendidos diversos dispositivos eletrônicos que podem ter sido utilizados durante as fraudes realizadas.