Tubarão fecha comércio nesta quarta-feira por possibilidade de transbordamento do Rio Tubarão

Créditos: Marcelo Becker/Decom/PMT

Nesta quarta-feira, 4, a força tarefa formada pela Prefeitura de Tubarão, Defesa Civil e as demais instituições estaduais e municipais decidiram fechar todo o comércio e outras atividades não essenciais após o meio-dia. A decisão tem por objetivo preservar a segurança dos munícipes pelo risco de transbordamento do Rio Tubarão.

A medida teve como base as previsões meteorológicas, que indicam chuvas intensas ao longo do dia. Com o nível do rio 6m34cm acima do normal na régua localizada em frente ao batalhão do Exército às 9 horas, as chances de transbordamento aumentaram durante a manhã. O volume de água tem subido por causa das fortes chuvas nas cabeceiras do rio. Dessa maneira, o prefeito Joares Ponticelli considerou prudente ter o maior número de pessoas possível fora de circulação na cidade.

Além disso, também como medida de segurança, as autoridades pedem que a população evite permanecer nas pontes e passarelas para observar o comportamento do Rio Tubarão. “É um momento que exige cuidado e por isso estamos determinando o fechamento do comércio e outras atividades não essenciais para que a nossa população fique em segurança. Pedimos a todos que evitem permanecer nas pontes para observar ou fotografar o rio, divulgaremos todas as informações necessárias pelos canais oficiais do município e imprensa, para tranquilizar a população. Neste momento de chuvas fortes e risco de transbordamento do Rio Tubarão, fique em casa”, destacou o prefeito Joares Ponticelli.

O Grupo de Ações Coordenadas (GRAC) foi montado ainda na terça-feira (3) e conta com representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Celesc, Polícia Penal, Guarda Municipal, Exército, Defesa Civil Estadual, Defesa Civil Municipal e Epagri.

A prefeitura de Tubarão passará a funcionar agora no período da tarde apenas com seus serviços considerados essenciais. Dentre eles, a Saúde, o Departamento de Comunicação, Cosip, Guarda Municipal e Trânsito.

AJUDA

Dentre as várias entidades que estão ajudando as pessoas que precisam nesse momento, o Jeep Clube de Tubarão se colocou à disposição das secretarias para auxiliar no transporte de pessoas e mantimentos, alguns já estão nas ruas inclusive, e outros mais se juntarão às equipes no período da tarde.

Até o momento, cerca de 40 pessoas estão alojadas na Catedral Diocesana, incluindo 14 crianças, que necessitam de fraldas tamanhos M e G. Essas pessoas são moradoras dos bairros São Clemente, Passagem, Andrino e Revoredo.

A Uniben – Associação de Benefícios, informa que caso você possua travesseiros, fronhas, lençóis, cobertores e toalhas de banho e de rosto, basta entrar em contato que eles realizam a retirada na sua casa deste material para entregar na Catedral. O telefone é o 3622-1631.

SAÚDE

Algumas Unidades Básicas de Saúde estão fechadas nesta quarta-feira (4), como as do KM 60, KM 63, Guarda, Bom Pastor, Mato Alto, Sertão dos Corrêa, Dehon, Revoredo e Humaitá.

Outra medida tomada pela Fundação Municipal de Saúde se refere às vacinas de rotina e as contra a Covid-19, cujas doses estão sendo recolhidas das salas e armazenadas em local seguro. Ficarão nas unidades apenas as vacinas contra a Influenza.

EDUCAÇÃO

Os servidores da Fundação Municipal de Educação estão trabalhando em conjunto com a Defesa Civil em auxílio no preparo de alimentos para as famílias desalojadas. Neste horário de almoço, os motoristas da FME entregam cerca de 100 marmitas nos locais onde as famílias desalojadas estão abrigadas.

Inclusive, a Fundação pede a aqueles servidores que puderem se deslocar, que se dirijam à Escola Faustina da Luz Patrício, em Oficinas, onde os alimentos são preparados e separados para a distribuição.

TRANSTORNOS

As chuvas seguem causando problemas na cidade. Desta vez, os registros de alagamentos em várias ruas e avenidas se dão no bairro Vila Padre Itamar. Evite transitar pelo local neste momento.

Da mesma forma, as ruas da região central da cidade, nas imediações da GAM, encontram-se alagadas e intransitáveis, assim como as vias do bairro Fábio Silva.

A coleta de lixo foi totalmente suspensa no município.

Com informações da Prefeitura de Tubarão