Vacinação em SC: adolescentes de 12 a 17 anos já podem tomar dose de reforço da vacina contra Covid-19

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES), seguindo orientação do Ministério da Saúde (MS), passa a recomendar a partir desta segunda-feira, 30, a aplicação da dose de reforço (DR) para adolescentes de 12 a 17 anos. A orientação do Ministério da Saúde (MS) está disponível na Nota Técnica nº35/2022.

Os municípios catarinenses foram orientados pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC) através do Ofício Circular nº 061 que se tiverem doses disponíveis em estoque já podem iniciar a vacinação com DR desse público. Além disso, foi solicitado ao Ministério da Saúde mais doses da vacina para atendimento deste grupo, considerando que a última remessa da vacina Pfizer enviada para o estado tinha por objetivo o uso como segunda dose (D2) para conclusão dos esquemas iniciados anteriormente.

A dose de reforço deve ser aplicada quatro meses após a segunda dose, preferencialmente com a vacina da Pfizer, independentemente da dose aplicada anteriormente. Se houver indisponibilidade da vacina, a Coronavac pode ser usada. Os dois imunizantes são autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para essa faixa etária. A recomendação também vale para adolescentes gestantes e puérperas.

No caso dos adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer deve ser utilizada.